terça-feira, 26 de setembro de 2017

O que é um computador Quântico?


O que é um computador Quântico?



     Um computador quântico chega a ser quase 100 milhões de vezes mais rápido do que os computadores convencionais. Estas super máquinas estão presentes em empresas e instituições muito poderosas, como o Google e a NASA, por exemplo.

     O mais recente modelo de computador quântico do mundo é chamado de D-Wave 2X, que possui mais de 1000 qubits. No caso da NASA, este computador é mantido no Centro de Pesquisa Ames.

     De acordo com estudos, o computador quântico consegue desenvolver cargas de trabalho altamente especializadas, com um desempenho verdadeiramente sensacional. Estas máquinas são usadas para tarefas muito específicas em tecnologia avançada.

 

Como funciona

     Os computadores quânticos são usados principalmente para a resolução de problemas e para melhorar o desempenho de tecnologias. Eles podem ser empregados em cibersegurança, comunicação, identificação de ataques cibernéticos, pesquisas de dados, cálculos e muitas outras atividades que exigem o alto poder de processamento da máquina.

     Na prática, o computador funciona em qubits, unidade que pode ser tanto um quanto zero. O sistema da máquina não é linear e ela é capaz de calcular todas as possibilidades de um problema em escala quântica de uma só vez. Essa é a grande inovação da ciência da computação. Para os cientistas, a computação quântica é o futuro da tecnologia.

 

Quanto custa?


     Um computador quântico da marca D-Wave Systems de 2000 qubits pode chegar a custar mais de US$ 15 milhões. A empresa canadense tem seus computadores usados pelos principais players da tecnologia mundial, pois é a única no mundo a comercializar esse tipo de máquina.










Quem tem um computador quântico?



     Até o momento, é possível afirmar que a NASA, o Google e a Universities Space Research Association, uma associação de pesquisa espacial das universidades dos Estados Unidos, estão testando computadores quânticos.


Quem desenvolveu?



     A teoria quântica foi desenvolvida no início dos anos 1900, e revolucionou a física e a química. Essa teoria explica o comportamento de partículas, como átomos e elétrons.

     No final do século XX, essa teoria começou a ser aplicada também à informação, revolucionando o campo da tecnologia e do processamento de dados. Com isso, nasceu a computação quântica.

     Em resumo, um computador quântico é um dispositivo capaz de manipular estados quânticos delicados de forma controlada, da mesma forma que um computador comum manipula seus bits. Este tipo de computador emprega o qubit, que é a versão quântica de um bit.

     Atualmente, a superposição quântica é um recurso mais poderoso do que o probabilismo clássico. Os computadores quânticos trabalham com estados emaranhados e superposição quântica, adquirindo um poder extra de computação e processamento de informações.

     A empresa IBM Q também tem atuado fortemente no desenvolvimento de computadores quânticos universais, que sejam comercialmente viáveis, principalmente para uso nas áreas de negócios e ciências. Espera-se que estes computadores forneçam soluções para problemas importantes, para os quais existem inúmeras possibilidades de respostas.

     Até o momento, a IBM Q criou e testou com sucesso dois poderosos processadores de computação quântica universal: um de 16 qubits para uso público, e outro de 17 qubits para uso comercial.



ajk

O que é Bitcoin




O que é Bitcoin?


     Você pode até saber que o bitcoin é uma moeda digital, mas deve entender também que ele representa uma grande revolução econômica e tecnológica, além de ser uma grande rede de confiança. Atualmente, muitas transações são realizadas com base em bitcoins. São aplicações, investimentos e compras realizados com essa moeda.

     Na prática, bitcoin é o nome dado tanto à moeda digital (unidade monetária) quanto à rede que negocia os valores. O conceito de bitcoin é complexo, pois envolve tecnologia, programação, criptografia e outros aspectos que compõem a realidade do universo do dinheiro digital.


Como o bitcoin é negociado?


     Cada moeda bitcoin tem um valor de mercado na rede de negociação. Existem protocolos bitcoins na internet, softwares e sites pelos quais os usuários podem transferir e negociar bitcoins. Além disso, diversos e-commerces e estabelecimentos comerciais já aceitam as moedas digitais na compra e venda de produtos.

     Os bitcoins podem ainda ser enviados para outras pessoas, usados como crédito, comprados, trocados, vendidos e negociados até mesmo com casas de câmbio especializadas. Para atuar neste mercado, é preciso conhecimento e experiência para conquistar, acumular e administrar esse dinheiro feito para a internet.


Benefícios do bitcoin



     O bitcoin é considerado um recurso extremamente valioso e muito seguro. Por apresentarem um perfil totalmente virtual, as moedas digitais transferem valores online, que seguem de um remetente para um destinatário. Apenas os envolvidos nas transações têm as chaves para desbloquear os valores, garantindo, assim, a total segurança da rede.

     As carteiras digitais de bitcoins são individuais e exclusivas para cada investidor. Sendo assim, cada pessoa tem controle absoluto sobre suas moedas.

     No que diz respeito à tecnologia por trás do bitcoin, a moeda é distribuída pelo método ponto-a-ponto, ou seja, não existem servidores envolvidos. Todos os bitcoins são gerados por meio da mineração, que é como uma solução para um problema matemático.

     A grande revolução do bitcoin está no fato de a moeda não precisar de controle, ou seja, não existe um Banco Central ou Órgão Financeiro responsável pela emissão das moedas digitais. É um recurso totalmente formado por algoritmos e por tecnologia de criptografia.

     Estima-se que, até o ano de 2140, o número de bitcoins em circulação chegue a 21 milhões. Essa importante inovação digital é literalmente a “internet do dinheiro”. A rede distribui valores, garante a posse de ativos virtuais e permite que um investidor lucre com as negociações.

     Para os especialistas da área, o bitcoin é o resultado de muitos anos de pesquisa e desenvolvimento tecnológico na área de criptografia. Essa rede peer-to-peer (ponto-a-ponto) garante a emissão de uma moeda descentralizada e muito valiosa.


Como surgiu o Bitcoin?


     O surgimento do Bitcoin aconteceu em 2008. O sistema de dinheiro eletrônico foi apresentado por Satoshi Nakamoto, um pseudônimo para uma pessoa ou um grupo de pessoas, que tinha como intenção criar uma moeda que não dependesse de um banco central para ser emitida ou ter operações validadas ou liquidadas. O projeto de computação foi uma verdadeira revolução!

     A rede bitcoin foi criada em 2009 e opera com base em princípios da matemática e da criptografia, garantindo total segurança ao mercado do bitcoin. Esse é um dos principais marcos da computação distribuída e da economia moderna no mundo.


 ajk

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

[OFF] - Notificação

Nos últimos dias as publicações foram bem paradas. Uma ou outra nesse mês de dezembro. O motivo: Mad Cannon. É um novo jogo para Android que eu passei o último mês desenvolvendo. É um Endless Arcade repleto de ação e diversão. 




https://play.google.com/store/apps/details?id=com.AllyaGames.MadCannon

Agora que ele está pronto, podemos voltar com as publicações mais frequentes, mas não deixe de baixar. 

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Fatos que você não conhece sobre o Natal


O Natal está chegando e você conhece a história dessa data que nunca perde seu encanto?
Confira algumas curiosidades sobre o Natal e divida as histórias natalinas que você conhece conosco, conte-nos nos comentários.

A data

Nos primeiros anos da Igreja o Natal não era celebrado da forma com que nós fazemos hoje, entre os dias 24 e 25 de dezembro. Antigamente o nascimento de Cristo não era datado. Foi depois de muitos anos,cerca de 200 d.C, que foi convencionado que a data seria dia 20 de maio. Porém por volta de 380 d.C a igreja romana convencionou que o dia do natal seria 25 de dezembro, porque era o festival do nascimento do Sol em várias religiões pagãs. Até hoje ninguém sabe qual é a data correta do nascimento de Jesus.

 O presépio
O presépio como o conhecemos hoje – aquela cena bonita com Maria e José ao redor do menino Jesus, os Reis Magos, os animais e o pastor – foi criado por São Francisco de Assis, durante o século XIII.

 Presentes
Acredite ou não, os presentes de natal não foram mais uma invenção capitalista e sim uma tradição que vem desde o tempo dos romanos. No fim de todos os anos, eles trocavam presentes no dia de uma deusa pagã. Mesmo com a mudança de religião, o hábito não morreu, e a troca de presentes continua até hoje, porém com um motivo diferente.
O Natal foi banido
Na Inglaterra, o Natal foi banido pelo parlamento no ano de 1644. A festividade não deveria mais ser um feriado, as lojas deveriam abrir e todos os atos que lembrassem a data eram desencorajados. Os puritanos, da América do Norte, seguindo a onda da Reforma Protestante, também baniram o natal por alguns anos.
O Natal pode ser baseado em um mito pagão ou vice-versa
Muitas pessoas acreditam que toda a história do Natal é baseada em um personagem do paganismo chamado Mithras, o deus sol. Ele teria nascido em uma montanha, na mesma época que Jesus, e reis-pastores teriam sido atraídos pelo seu nascimento. Mas hoje não se sabe se esses pontos em comum foram copiados pelos cristãos ou “emprestados” da história cristã pelos pagãos.

Árvore de Natal
Jesus nasceu, então vamos colocar uma árvore na nossa sala? Isso não faz nem sentido, não é mesmo? A primeira associação de pinheiros com o natal vem de São Bonifácio, quando ele cortou uma árvore dedicada a Thor para provar que o deus pagão não tinha poder. A tradição foi sofrendo modificações com o passar dos anos e por volta do século XV elas já tinham a configuração atual, contendo seus enfeites.

 Papai Noel
Diz a tradição que o papai Noel foi baseado em um bispo da igreja, São Nicolau. Ele nasceu no século III, na Turquia, e era conhecido por dar dinheiro e presentes aos mais necessitados e às crianças.


terça-feira, 13 de dezembro de 2016

9 fatos envolvendo cerveja



Apesar de ser bastante popular, há muitas coisas que grande parte da população não sabe sobre a cerveja. Confira agora 10 fatos sobre a bebida.

1 – O Dilúvio de Cerveja  
Uma onda de cerveja contendo cerca de 1 milhão e meio de litros inundou a cidade de Londres por volta de 1814. A causa do desastre,que levou vinte (20) pessoas ao óbito, teria sido o rompimento de 323.000 galões imperiais . A empresa não sofreu punições, pois o tribunal julgador considerou este sendo um acidente causado por forca maior, Deus.
2 – Salário em cerveja 
Os construtores das famosas pirâmides do Egito recebiam como forma de pagamento cerca de 4 litros de cerveja por dia. Sendo assim a cerveja uma moeda utilizada na época.
3– A receita mais antiga
A cerveja é uma bebida muito antiga e pesquisadores alegam que eram os Sumérios quem continham, a mais de 4 mil anos, a receita da primeira cerveja.
4– Mais popular que a água 
Na Idade Média a cerveja era muito mais consumida do que a própria água. O que favorecia tal fenômeno era que o álcool presente em sua composição deixava a bebida dourada mais segura, sendo assim mais consumida.

5- A maior ressaca do mundo
Esse feito foi realizado por um escocês que depois de consumir cerca de 30 litros de cerveja ficou com uma ressaca de 4 semanas.
6– Desce pelando
A cerveja com maior teor alcoólico do mundo é atualmente a escocesa Snake Venom , com um teor de 67,5%.

7 – É alcoólica?- Até o ano de  2013, a famosa cerveja não era considerada uma bebida alcoólica pelos russos.
8– Escola perfeita - Algumas escolas, da antiga Bélgica, serviam cerveja em seus refeitórios até 1970.
9– Time perfeito - em um campeonato existente pelo mundo, os esposos, homens fortes, carregam suas esposas, meigas e sutis, por uma série de obstáculos. O vencedor leva nada mais nada menos que cerveja, mas tem um detalhe... você recebe a quantidade de cerveja de acordo com o peso de sua amada.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Por que os cães uivam?


Cachorros tem suas manias e quem é dono certamente vai conseguir destacar pelo menos uma característica que seja única, que possa dizer "o meu cachorro faz isso e o seu não" . Todavia, existem coisas em todos cachorros que nos intrigam, por que os cães uivam é um magnifico exemplo disso.
Por que o seu cãozinho uiva? Não é de hoje, que esse é um comportamento bem comum dos nossos amiguinhos de quatro patas. O fato de uivar é uma forma de comunicação a distância utilizada pelos cães.
É muito comum pensarmos que o uivo do cão é uma espécie de choro, portanto quando ele uiva é porque está sofrendo. Outra teoria,de senso comum, é que o cão uiva quando vê a grande lua cheia, herdando este ato de seus antepassados paretentes lobos. 
 O uivo do cachorro serve também para chamar a atenção. Se tiver uma fêmea no cio pela vizinhança, pode ser que esses uivos sejam a forma do garanhão se exibir para a donzela e chamar a atenção dela, movido pelo instito de procriar.
Agora que você ja sabe os motivos os quais seu câozinho passa noites uivando solitário, por que nao fazer-lhe companhia?!

sábado, 3 de dezembro de 2016

Armamentos mais mortíferos do mundo 🔫💀



Confira agora a lista dos armamentas mais poderosos do mundo.



A MAIS USADA DO MUNDO - UZI

Arma - UZI

  • PAÍS DE ORIGEM - Israel
  • COMPRIMENTO - 40 cm
  • CALIBRE - 9 mm
  • PESO - 3,5 kg (descarregada) e 4 kg (carregada)
  • DIFERENCIAL - Seu tamanho e peso reduzidos tornam a Uzi uma das armas mais fáceis de manusear em combate.
Dispara até 600 tiros por minuto com alcance efetivo de até 200 metros, a submetralhadora UZI é a campeã de preferência entre forças armadas do mundo. Já foi comercializada em mais de 90 países. Estima-se que são mais de 10 milhões de unidades espalhadas pelo mundo.



A QUE MAIS MATA POR MINUTO - AK 47

Arma - AK47

  • PAÍS DE ORIGEM - Rússia
  • COMPRIMENTO - 87 cm
  • CALIBRE - 7,62 x 39 mm
  • PESO - 4,3 kg (descarregada)
  • DIFERENCIAL - Com grande facilidade de uso e montagem, um soldado com pouca experiência pode deixá-lo pronto para mandar bala em menos de um minuto, por isso o AK 47 é a arma predileta de grupos de terroristas e milícias ao redor do mundo.
Esse rifle de assalto pode disparar até 600 tiros por minuto, sendo capaz de fazer vítimas num raio de 300 metros a partir do disparo. Apesar de não ser tão "popular" quanto a submetralhadora UZI, o AK 47 é campeão em mortes por minuto graças aos ferimentos mais graves e letais que ele causa, sendo considerado pelos especialistas como a mais efetiva arma de fogo.



A MAIS POTENTE - LANÇA-FOGUETES M136AT-4

LANÇA-FOGUETES M136AT-4
  • PAÍS DE ORIGEM - Suécia
  • COMPRIMENTO - 1,16 m
  • CALIBRE - 84 mm
  • PESO - 6,7 kg
  • DIFERENCIAL - Os foguetes são disparados a 1 026 km/h, quase a velocidade do som. Rotacionados por uma hélice, eles saem girando e detonam alvos a até 300 metros de distância!
Trata-se da popular Bazuca, no melhor estilo dos filmes de Hollywood. O lança-foguetes pode ser carregado com munição de precisão, capazes de romper blindagens de até 42 centímetros, até foguetes mais potentes, que são menos precisos, mas destroem blindagens de até 60 centímetros de espessura!



A MAIS VERSÁTIL - M16A2
arma - M16A2


  • PAÍS DE ORIGEM - Estados Unidos
  • COMPRIMENTO - 1,06 m
  • CALIBRE - 5,56 x 45 mm
  • PESO - 3,8 kg (descarregada) e 4,5 kg (carregada)
  • DIFERENCIAL - Dezenas de acessórios para incrementar a arma. Destaque para a mira telescópica, uma lanterna e um lança-granadas, que fazem dela a arma completa para ataque e defesa.

O principal rifle do Exército americano é um "descendente direto" do famoso fuzil AR 15. Seu design permite a utilização de muitos acessórios. A rapidez de disparo é impressionante: 800 tiros por minuto, com alcance efetivo de 550 metros.


O MAIOR ALCANCE - BARRET M82A1
BARRET M82A1

PAÍS DE ORIGEM - Estados Unidos
COMPRIMENTO - 1,49 m
CALIBRE - .50 (12,7 x 99 mm)
PESO - 12,9 kg (descarregada)
DIFERENCIAL - A mira telescópica da arma aproxima o alvo até 10 vezes e possibilita disparos de extrema precisão a longas distâncias.
Os soldados que usam esse rifle são geralmente chamados de "fantasmas". Os atiradores de elite que o usam são capazes de acertar um alvo humano a 1 800 metros de distância, que seria equivalente ao comprimento de 18 campos de futebol. O recorde de distância do Barret é de 2 500 metros, e foi conquistado por um norte-americano.



quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Tudo sobre geladeiras

Como uma geladeira funciona? Quem foram os inventores da geladeira?  Qual a próxima geladeira que será criada? Por que nós usamos a geladeira?  Neste post tudo para você que adora um gelo.

Depois de dominar o fogo, o implacável ser humano ainda precisava dominar um coisa : O gelo. Não que estes sejam inversos, mas o calor ou a ausência dele sempre fizeram parte da curiosidade humana. Descubra mais como foi a real Era do Gelo.

História : 
1851 - O médico americano John Gorrie constrói a primeira geladeira a qual os moldes atuais ainda seguem. Ela comprime um gás, usando um motor a combustão, e depois permite que ele se expanda gerando frio. (Veja mais sobre como funciona a geladeira atual no fim do post).

1856 - A convite de uma cervejaria, a primeira geladeira comercial é produzida por James Harrison.















1913 - A primeira geladeira elétrica para uso doméstico é lançada pelo americano Fred Wolf Jr. , com a marca Dolmere (domestic electric refrigerator).












1918 - A primeira geladeira automática, que liga e desliga sozinha é criada pela Kelvinator, hoje parte da Electrolux.



1926 - O químico Thomas Midgley Jr. descobre como produzir clorofluorcarbono (CFC), gás que passa a ser adotado nas geladeiras (até então, elas usavam dióxido de enxofre).


1930 - Uma geladeira que não usa compressor e gasta muito menos energia é criada por ninguém menos do que Albert Einsten. Seu único problema é que não gela tão bem como as outras.




1950 -  A primeira fábrica brasileira de geladeiras é criada pelo empresário Wittich Freitag, com o nome de Consul, em um pequeno galpão em Joinville (SC).

1973 -  Cientistas descobrem que os CFC's destróem a câmada de ozônio que protege a terra contra os raios ultravioletas. O Cloro dos CFC reage com o Oformando ClO e O2.



1989 - Entra em vigor o protocolo de Montreal que determina o fim da produção de CFC's até 1996. 150 países assinam.
  
1990 - 2000
A indústria de geladeira adota outra família de gases, os HCFC, que não agridem a câmada de ozônio.

2000 - 2010
Pesquisas apontam que os HCFC's são ainda piores, eles turbinam o aquecimento global.

2016 - Tratado da ONU obriga países a diminuírem o uso de HCFC's



Como uma geladeira atual funciona? 
A geladeira usa várias leis físicas. Podemos inclusive assimilar a primeira parte do processo com o motor de um carro. O motor de um carro assim como a geladeira comprime um gás com o objetivo de aumentar sua pressão e temperatura. Mas como diria o nosso amigo Jack, o estripador, "Vamos por partes". 

1) O compressor recebe um gás (que geralmente é o Fréon), o qual provavelmente já está refrigerado por se tratar de um ciclo. Independente disso o pistão se movimenta comprimindo o gás e aumentando sua temperatura e pressão. A pressão aumenta de 0.6 bar para 8 bar. Isso aumenta a temperatura para mais de 100°C. Essa primeira etapa também ocorre em automóveis (talvez podemos explicar sobre os motores em outro post). Esse passo usa da Lei de Clapeyron. Onde foi enunciado que pV = nRT. 

Onde 
p = pressão
V = volume
n = número de mols
R = constante
T = temperatura
Podemos dizer que : 
p1V1/nRT1 = p2V2/nRT2
Sendo 1 o momento inicial e 2 o momento final. Como a constante e o número de mols não muda. E trata-se de um processo isocórico (volume não muda). Chegamos a:
p1/T1 = p2/T2
Então, conforme aumentamos a pressão, aumentamos proporcionalmente a temperatura também.

2) O gás chega ao condensador, aquela parte que fica atrás da geladeira e você pode usar para secar uma roupa mais rápido sem consumir nada a mais. Assim o calor gerado pela alta temperatura vai sendo transmitido para o ambiente e o gás chega a temperatura de 55°C. Entretanto a temperatura continua 8 bar. O gás ao longo do processo se condensa, transformando- se em líquido (Por isso escolhe-se o fréon que tem ponto de ebulição e fusão perfeitos para esse processo).


3) O líquido passa por uma espécie de secadora que remove alguma micropartícula ou resíduo. 


4) O líquido passa pelo chamado tubo capilar o qual "devolve" a sua pressão original, graças ao novo volume. Mais uma vez pela teoria cinética a temperatura muda, dessa vez drasticamente para baixo, chegando a -23°C.


5) O líquido passa pela geladeira, fazendo com que o que estiver dentro da geladeira ceda calor para o líquido. Isso explica também por que as regiões mais embaixo da geladeira gelam mais. (Exceto quando a geladeira é ao contrário).


6) O líquido aumenta sua temperatura até o ponto de ebulição, transformando-se novamente em gás. A temperatura fica em aproximadamente 25°C, e ao término do circuito volta para o compressor para iniciar um novo ciclo.



Filme por cortesia da Secop GmbH - www.secop.com



O futuro da geladeira? 
No momento novas pesquisas vem sendo feitas, e  a previsão é que em 2020, seja lançada a geladeira magnética. Ela funciona mais ou menos assim : 

1) A geladeira tem um imã e dois blocos de gadolínio - um metal que muda de temperatura quando exposto a campos magnéticos. 

2) O imã gira e se aproxima do primeiro bloco. Por causa disso o bloco esquenta. Mas o calor é dissipado por uma tubulação de água, fora da geladeira.
3) O imã gira se afastando do primeiro bloco. Quando isso acontece o bloco esfria. O frio então, é espalhado por uma tubulação de água, dentro da geladeira



4) O processo se repete, alternadamente, gerando ciclos.








Prós: Não faz barulho. Não usa gases e consome até 50% menos energia.

Contras : Não daria para colocar imãs na sua geladeira (Eu acho).



Mas afinal, por que precisamos de uma geladeira? 

Existe uma regra físico-química que dita que conforme aumentamos a temperatura, aumentamos a velocidade da reação. Assim o contrário também é válido. A geladeira serve para retardar o processo de oxirredução, o qual oxida os alimentos, fazendo - os sair da validade. Podemos comparar com a oxidação do ferro, conhecido como ferrugem. 


Qual a letra de música mais longa? E a mais rápida?

In the garden, composta pelo americano Michael Bostwick, em 2013. São 7730 palavras ao longo de 3 horas, 1 minuto e 50 segundos de pura repetição e tédio. E de quebra você pode comprar a letra na Amazon por apenas $77,33. Essa música está no Guinness, sendo reconhecida com a mais longa de todos os tempos.









A música mais rápida, Rap God, do Eminem tem 1560 palavras concentradas em 6 minutos e 4 segundos - São 4.28 palavras por segundo.





terça-feira, 29 de novembro de 2016

Última mulher do século XIX conhecida completa hoje 117 anos!

Hoje, dia 29/11/2016 Emma Morano, a última sobrevivente do século XIX, atualmente conhecida, completa seus 117 anos. Desde maio ela é considerada pelo Guiness como a mulher mais velha do mundo. Ela é italiana e já presenciou duas guerras mundias, 10 eleições papais e 60 eleições de primeiros-ministros italianos.

O segredo - Durante quase um século, ela seguiu uma dieta proposta por um médico: Dois ovos diários, um pouco de carne e algumas frutas e verduras.

Parabéns, Emma!

domingo, 27 de novembro de 2016

Desvendando mentirosos







Estes são alguns dos indícios de que uma pessoa está mentindo. Preste muito atenção, pois hoje em dia o que mais tem são mentirosos por todo lugar.






Desviar o olhar - Quando a pessoa mente, geralmente, tem dificuldade em manter o contato ocular com naturalidade.

Olhar muito fixamente - Indivíduos que têm conhecimento de que o desvio do olhar é visto como sinal de mentira, podem fixar de forma exagerada os "olhos nos olhos" da outra pessoa. 

Piscar - Mentirosos tendem a dar piscadas mais longas. Como efeito inconsciente, o cérebro em uma atitude de recusa ao que a pessoa está dizendo, provoca estas piscadas em que os olhos permanecem fechados por mais tempo do que o habitual.

Voz - O tom da voz perde a congruência, a voz não fica tão firme, pode ficar trêmula, cortada e sem fluidez. O tom de voz também pode ficar baixo e a fala ser projetada para dentro.

Mãos - Quando o organismo entra em estado de alerta, por nervoso ou ansiedade, a temperatura periférica tende a cair. Por isso, quando uma pessoa está mentindo pode ficar com as mãos e pés gelados. Além disso, mãos trêmulas e agitadas também são indicadores da mentira.

Pele - O nervosismo causado pelo ato de mentir pode alterar a cor e aparência da pele. A pessoa pode ficar mais vermelha ou mais pálida. A sudorese repentina é outra característica da situação.

Pausas - A conversa está fluindo, de repente, um assunto faz a pessoa que está falando iniciar uma série de pausas na fala. De acordo com o perito, os intervalos podem indicar que o cérebro está criando as próximas informações.

Olhar para o lado esquerdo - Para pessoas destras, o lado esquerdo é o da criação, portanto, quando uma pessoa é indagada e move os olhos para a esquerda, pode estar com a intenção de criar uma resposta, ou seja, uma mentira.

Saliva - Quando o corpo entra em alerta, por uma situação de estresse - que se aplica durante um relato mentiroso - o corpo para de produzir saliva e a pessoa começa a "engolir seco". Isso varia de acordo com o nervosismo e tensão do mentiroso durante a fala, mas é comum que a boca fique seca.

Coceiras - Outro sintoma da mentira é a coceira. O cérebro recusa a história falada e provoca estímulos que podem levar a mão à boca, ouvidos e cabeça. É como se o cérebro transmitisse 'eu não quero falar isso', então a mão vai à boca; 'eu não quero ouvir isso', a mão passa pela orelha; ou 'eu não concordo com isso', e a pessoa coça a cabeça.




Então, você já sabe detectar quando alguém está mentindo? você está rodado por mentirosos?

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Como um especialista identifica uma assinatura falsa?

elementos-da-grafia-bucles-ovais-hastes
O perito grafotécnico, além de comparar o documento supostamente falso com o supostamente autêntico, faz análises detalhadas da escrita, força no papel, os padrões que dão origem às formas, as proporcionalidades além de uma série de detalhes que não são para qualquer um perceber...
No início do século XX, um estudo ganhou força baseando-se no princípio de que o cerébro é o responsável pelo gesto gráfico, ou seja, é ele que gera a imagem das letras e coordena o movimento do punho na hora de escrever.
Assim, não existe uma falsificação perfeita, pois não existem dois cerébros perfeitamente iguais. Para descobrir uma farsa o perito conta com vários instrumentos específicos, como lupas com grau de aumento, estereoscópios (um tipo de microscópio binocular), luz ultravioleta, raio infravermelho e negatoscópio (mesa com iluminação interna).
Na própria assinatura, são analisadas três conjuntos de evidências: as características genéricas, as características genéticas e os elementos da grafia. Além disso,  marcas, manchas, borrões e colagens no documento podem fornecer pistas.

proporcionalidade-comportamento-grafica
CARACTERÍSTICAS GENÉRICASSão os aspectos típicos da próprio processo de escrever
Comportamento gráfico (1)
comportamento-grafico
É a direção e a distância da escrita em relação à pauta ou à base de apoio. Pode ser classificado como alinhado, ascendente, descendente, sinuoso e arqueado.
Proporcionalidade gráfica (2)
São as relações dimensionais entre as diversas partes da escrita. Por exemplo, no caso do “d”, analisa-se a proporção entre o tamanho da “haste” e o da “bolinha”.
espacamento-inclinacao-valores-grafico
Espaçamento gráfico (3)
Há três tipos. O interliteral é a distância entre as letras ou símbolos. O intervocabular, entre as palavras. E o intergramático, entre as gramas (traços) que formam uma letra.
Valores angulares e curvilíneos (4)
Indica a predominância de gramas curvos na escrita. São classificados em arcada, guirlanda e anguloso.
Inclinação axial (5) 
É a inclinação dos eixos gramáticos das letras em relação à pauta. A dextrógira tende ir para a direita, a sinistrógira inclina para a esquerda e a vertical forma um ângulo de 90º.
calibre
Calibre (ao lado)
É o tamanho das letras. Pode ser classificado como pequeno (a altura das letras é igual ou menor que 3 mm), médio (entre 3 e 4 mm) e grande (acima de 4 mm).
CARACTERÍSTICAS GENÉTICASSão as propriedades típicas de cada pessoa
Pressão e progressão
Duas forças determinam a escrita. A vertical é a pressão da caneta contra o papel. E a horizontal (ou lateral) é o movimento da caneta sobre o papel, criando uma progressão.
Momento gráfico
É a trajetória do punho, que se transforma em gramas ou traços. Quando a caneta toca o papel e a letra é escrita, trata-se de um movimento positivo. Quando se afasta do papel (e o movimento não é grafado), chama-se de negativo.
Ataque e remate (7)
São o ponto em que o escritor começa e termina a escrita respectivamente, colocando e tirando a caneta do papel. Analisa-se, por exemplo, se há maior concentração de tinta no começo ou no fim, aumento de pressão ou uniformidade.
valores-angulares-e-curvilineos
ELEMENTOS DA GRAFIASão os detalhes de cada letra, que cada pessoa desenha de um jeito
Traços complementares
O corte do “t”, o pingo do “i” e o cedilha do “ç” também podem dar indícios se a assinatura é original ou falsa.
elementos-da-grafia-bucles-ovais-hastes
OS TIPOS DE FALSIFICAÇÃOCada uma costuma deixar uma pista específica do crime
Sem imitação: Quando o falsificador “inventa” na hora o traçado, sem qualquer referência da assinatura original. É comum em cheques para terceiros.
De memória: O falsário tenta reproduzir, de cabeça, uma assinatura que já viu. Geralmente, foca nas letras maiúsculas, que, por serem maiores, chamam mais atenção.
Imitação servil: Quando a pessoa tem a assinatura original e tenta copiar, sem muito treino. Costuma apresentar retoques, tremores e interrupções.
Decalque: Além da assinatura original, o criminoso usa alguma técnica, como transparência ou carbono. Pode ter interrupções ou irregularidades rítmicas.
Exercitada: É a do falsificador expert, capaz de reproduzir quase todas as características do desenho original. Só peritos conseguem encontrar as falhas. 
CONSULTORIA Orlando Garcia, perito grafotécnico e professor de grafotécnica, e Paulo de Salvo, perito grafotécnico e documental da Conpej-SP